MAIS
    spot_imgspot_img
    HomeNotasIMPLOSÃO E EXPLOSÃO: AÇÕES DO GOVERNO

    IMPLOSÃO E EXPLOSÃO: AÇÕES DO GOVERNO

    IMPLOSÃO E EXPLOSÃO: AÇÕES DO GOVERNO

    IMPLOSÃO
    Amanhã, dia 15, o Governo do Distrito Federal fará uma festa para implodir a estrutura superior das arquibancadas do estádio Mané Garrincha. O show de dinamites está marcado para ocorrer às 15 horas deste domingo e faz parte das obras do novo estádio de futebol. É considerado programa de governo e contará com a presença do governador em exercício Tadeu Filippelli e parte do secretariado.

    00012782.jpg

    No outro lado do oceano, Agnelo e sua comitiva viajam pela Europa para visitar estádios e conhecer novas tecnologias de infraestrutura urbana. O tour oficial mereceu até tietagem do governador com o jogador Kaká, em sua passagem pela capital espanhola, com direito à camisa do Real Madri autografada (foto).

    EXPLOSÃO

    Em 2007, o governador Arruda começou o seu governo implodindo prédios e fazendo giros pela Europa. Terminou explodido pelo escândalo revelado na operação Caixa de Pandora.

    Agnelo tem demonstrado que deseja seguir os mesmos passos de Arruda e para isso não poupou gastar dinheiro no aniverário de Brasília em detrimento da situação caótica de nossos hospitais e escolas. Investe muito na imagem de seu governo sem se preocupar com a sua eficiência. Prioriza a realização da Copa de 2014, tanto que suas viagens e ações se voltam para essa finalidade.
    Quando optou em concorrer ao GDF, levando a tiracolo um leque de personagens nefastos da política de Brasília para a sua campanha e em seguida para compor o seu governo, Agnelo sabia que se distanciaria de seus ideais e de seus princípios, que o nortearam ao longo de sua trajetória política. A sua ação calculada e premeditada o fez se desligar do PCdoB e ingressar no PT, o partido do presidente Lula. Entendia que se não fosse pelo PT, dificilmente chegaria a concorrer com chances ao governo. Hoje, governador, se tornou companheiro da bandidagem política, do fisiologismo mais espúrio, do “é dando é que se recebe”, etc e tal. Garantiu a eleição em um cenário bastante conturbado e praticamente sem adversário. Usou e abusou do poder econômico. O dinheiro usado na campanha, agora está sendo cobrado. Agnelo se tornou um refém de possíveis divulgações de vídeos que possam desmascará-lo. Nem ele sabe se realmente existem, apenas suspeita. Como todos nós suspeitamos. Mas ele sabe que o GDF não caiu de graça no seu colo. A explosão de seu governo, tal como ocorreu com o governo de Arruda, não seria surpresa e nem mera coincidência, mas previsível…

    Fonte: Brasília em OFF

    22 COMMENTS

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img